News

Home :: News

Sessão de Divulgação SI2E

segunda, 15 maio 2017 14:55

Sessão de Divulgação SI2E

A Autoridade de Gestão do Programa Operacional Regional Alentejo 2020, em colaboração com as
Comunidades Intermunicipais (CIM) e Grupos de Ação Local (GAL), está a promover, durante o mês de maio
sessões de divulgação do Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E), abrangendo
todo o território NUT II.
Os avisos de abertura de candidaturas ao SI2E já foram abertos e estão divulgados no site do Alentejo 2020.
No próximo dia 22 de maio, pelas 10.00h, no Convento de S. Francisco, em Santarém, decorrerá uma sessão
de divulgação deste importante sistema de incentivos, para a qual convidamos V.Ex.ª, e que será aberta ao
público.

«Programa»

SI2E - Candidaturas Abertas

quinta, 11 maio 2017 14:52

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

AVISO ALT20-M7-2017-09

SI2E - Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego - CIMLT

Objetivos e prioridades:

Prioridades de investimento:

 

- “Criação de Emprego por conta própria, empreendedorismo e criação de empresas, incluindo micro, pequenas e médias empresas inovadoras” (FSE)

- “Concessão de Apoio ao desenvolvimento dos viveiros de empresas e o apoio à atividade por conta própria, às microempresas e à criação de empresas” (FEDER).

Objetivos específicos:

- Aumentar a criação de emprego sustentável, designadamente para desempregados, através do apoio à criação de emprego por conta própria e à criação de empresas, bem como apoiando microempresas já existentes, na perspetiva da criação líquida de emprego e de dinamização do empreendedorismo social.

– Incentivar a criação de emprego por conta própria e de empresas por desempregados e outras pessoas desfavorecidas ou inativas.

Tipologia das operações

- Criação de micro e pequenas empresas ou expansão ou modernização de micro e pequenas
empresas criadas há menos de cinco anos;

- Expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há mais de cinco anos.

Beneficiários:

- Pequenas e micro empresas.

 Área geográfica:

- NUTS III Lezíria do Tejo, da Região Alentejo.

Limites dos apoios:

200.000€

Apresentação de candidaturas:

1ª Fase até 15.06.2017

Consulte o «AVISO»

[+] Informação

 

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

AVISO ALT20-M8-2017-09

SI2E - Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego - APRODER

Objetivos e prioridades:

Prioridades de investimento:

- “Investimentos no contexto de estratégias de desenvolvimento local de base comunitária” (FSE)

- “Investimentos no contexto de estratégias de desenvolvimento local de base comunitária” (FEDER).

Objetivos específicos:

 - Reforçar a abordagem territorializada da intervenção social assente em parcerias locais (FSE)

- Reforçar a abordagem territorializada da intervenção social assente em parcerias locais (FEDER).

Tipologia das operações

- Criação de micro e pequenas empresas ou expansão ou modernização de micro e pequenas
empresas criadas há menos de cinco anos;

- Expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há mais de cinco anos.

Beneficiários:

- Pequenas e micro empresas.

 Área geográfica:

- Nas freguesias integrantes dos seguintes concelhos de abrangência GAL Ribatejo - Terra de
Conhecimento, Inovação e Competitividade: Azambuja; Cartaxo; Rio Maior e Santarém (com
exceção de parte do perímetro urbano da cidade de Santarém).

Limites dos apoios:

200.000€

Apresentação de candidaturas:

1ª Fase até 15.06.2017

Consulte o «AVISO»

[+] Informação

Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego | SI2E

O Sistema de Incentivos visa apoiar de forma simplificada pequenos investimentos empresariais de base local e complementar os atuais incentivos às empresas do domínio da competitividade.

A NERSANT vai realizar um conjunto de sessões de esclarecimento por toda a região, devendo a calendarização das mesmas ser disponibilizada em breve.

Tipologias:

São passíveis de financiamento do SI2E as seguintes tipologias de operações:

• Criação de micro e pequenas empresas ou expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há menos de cinco anos;

• Expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há mais de cinco anos.

Apoia:

• Micro e pequenas empresas, inseridas em todas as atividades económicas (com exceção das que integrem o setor da pesca e da aquicultura; o setor da produção agrícola primária e florestas; o setor da transformação e comercialização de produtos agrícolas; atividades financeiras e de seguros; lotarias e outros jogos de aposta);

• Investimentos até 235.000 € (100.000 € nos DLBC);

• Criação líquida de postos de trabalho;

• Investimentos em máquinas e equipamentos, informática, marcas, planos de marketing e pequenas obras de remodelação.

Apoios:

• Subsídio entre 30% e 50% do investimento (60% para territórios baixa densidade);

• Apoio por posto de trabalho criado: até 15 meses (ou 18 meses para territórios baixa densidade) - limite por mês: 1 IAS.

Dotação orçamental:

• Total nacional: 320 milhões de euros

• Médio Tejo: 8 milhões de euros

• Lezíria do Tejo: 11 milhões de euros

Candidaturas:

• Avisos abertos a partir de 14 de abril

Portaria 105/2017 de 10 março

[+] Informação

PROGRAMA DEFESA EMPREENDE

sexta, 24 fevereiro 2017 11:40

DEFESA EMPREENDE

TRANSFORMAR O POTENCIAL HUMANO DAS FORÇAS ARMADAS NO POTENCIAL ECONÓMICO DO PAÍS

O programa Defesa Empreende é uma iniciativa do Ministério da Defesa Nacional que tem como principal missão, fomentar o empreendedorismo junto dos ex-militares ou militares do Regime de Contrato (RC), sobretudo na sua fase de transição para a vida civil.

OBJETIVOS

O Programa Defesa Empreende pretende cumprir os seguintes objetivos:

1. Promover e difundir uma cultura de empreendedorismo juntos dos militares e ex-militares do RC
2. Disponibilizar informação essencial a quem pretende criar o seu próprio emprego ou consolidar um projeto empresarial
3. Capacitar os candidatos em áreas essenciais para o arranque efetivo de um negócio
4. Prestar assistência técnica especializada na estruturação de ideias de negócio
5. Apoiar e acompanhar as melhores ideias de negócio

FASES 

O Programa foi estruturado em várias fases sequenciais de forma a promover o acompanhamento adequado das melhores candidaturas, desde a ideia até à implementação do projeto empresarial.

Fase 1 - Candidatura ao programa «Defesa Empreende»

Os militares e ex-militares do RC inscritos no CIOFE podem se candidatar preenchendo o Formulário de Candidatura com uma apresentação sumária da sua ideia. Os formulários devem ser enviados em formato pdf para o endereço eletrónico do CIOFE colocando em assunto DE2017. As candidaturas selecionadas terão acesso a sessões de apoio obrigatórias de forma a prepararem a sua apresentação diante de um júri que as avaliará segundo os critérios definidos no Regulamento do Programa.

Fase 2 - Reforço das competências dos promotores

Os candidatos selecionados pelo júri na fase anterior vão passar por um Programa de Capacitação, tendo em vista desenvolver a sua ideia de negócio. Este programa consistirá em workshops, reuniões de mentoria e acompanhamento individual para cada projeto. O desempenho dos promotores vai sendo avaliado ao longo do programa tendo ainda que realizar um documento sobre o seu projeto e uma apresentação final diante de um júri constituído para o efeito.

Fase 3 - Prestação de assistência técnica especializada e/ou Acompanhamento do negócio

Nesta fase, os projetos selecionados da fase anterior irão ter uma tutoria especializada, centrada nas necessidades individuais de cada promotor. Nesta fase poderá ser desenvolvido o Plano de Negócios ou o Plano de Viabilidade, consoante as necessidades de financiamento de cada um, ou, prestada assistência em determinadas áreas específicas de acordo com as exigências de cada projeto ou empresa.

[+] Informação

[Formulário]

[Regulamento]

startup str

Startup Santarém líder nacional na submissão de candidaturas ao Vale Incubação

A Startup Santarém foi a entidade que mais candidaturas submeteu ao Vale Incubação no âmbito da estratégia nacional para o empreendedorismo Startup Portugal.

O Vale Incubação uma das medidas lançado em junho de 2016, cujas candidaturas decorreram até 31 de janeiro, contaram com 120 candidaturas provenientes de todo o país, tendo 22 delas sido preparadas e submetidas pela NERSANT através desta sua incubadora, que assume assim liderança nacional ao submeter 18% das candidaturas.

O distrito de Santarém foi o distrito que mais candidaturas apresentou a este incentivo ao Governo. Em dezembro último, a NERSANT mobilizou os empresários da região para conhecer o Vale Incubação, tendo realizado duas sessões de esclarecimento sobre o incentivo, em Torres Novas (Médio Tejo) e em Santarém (Lezíria do Tejo).

[+] Informação

Incubadora de Empresas em Alcanede

terça, 07 fevereiro 2017 15:40

panoramica 

A Câmara de Santarém e a Nersant vão criar uma incubadora de empresas na freguesia de Alcanede.

A informação foi avançada pelo presidente da autarquia, Ricardo Gonçalves, durante o lançamento do projeto “Ribatejo Empreende”, que decorreu na passada sexta-feira, 3 de fevereiro, na Start-Up Santarém.

O presidente da autarquia adiantou que o projeto, que inclui obras de remodelação do edifício do antigo Jardim de Infância, será financiado pelo Portugal 2020, ao abrigo das verbas disponíveis através da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT).

“Esperamos que esteja concluída e pronta a funcionar no final do Verão”, adiantou Ricardo Gonçalves que destacou a importância económica do norte do concelho, onde se localização importantes industrias, como a da extração de pedra, e outras empresas exportadoras, como a Inducol ou a Olitrem.

A incubadora de empresas no norte do concelho, servirá as freguesias de Alcanede, Amiais de Baixo, Abrã e Tremês.

[+] Informação

 

Programa "Ribatejo Empreende"

segunda, 06 fevereiro 2017 11:40

SS 2

A Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém apresentou o Programa “Ribatejo Empreende”.

O projeto “Ribatejo Empreende”, promovido pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém e cofinanciado pelo COMPETE2020, visa promover o espirito empresarial no Ribatejo, através da dinamização e criação de actividades e ferramentas que permitam fortalecer o ecossistema empreendedor, no sentido de fomentar a cultura empreendedora, promover a geração de ideias inovadoras, capacitar os empreendedores e os seus projetos e assim promover e apoiar a criação de novas empresas nesta Região.

16486911 1636664416360000 3197551734089457589 o

 A apresentação do "Ribatejo Empreende" decorreu na manhã de sexta-feira, 3 de Fevereiro, nas instalações da Start-up Santarém.

A cerimónia contou com a presença do secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, que elogiou os empresários ribatejanos e o trabalho realizado pela NERSANT. Os projetos que a NERSANT tem desenvolvido desde 2013, no fomento do empreendedorismo e de criação de novas empresas na região, geraram sete milhões de euros de investimento, 375 novas empresas e 511 postos de trabalho.

Na sessão foram entregues os certificados aos participantes do primeiro Programa de Aceleração de Ideias de Negócio e dos dois concursos temáticos de ideias de negócios no âmbito do “Incubar+Lezíria”.

16422894 1636662456360196 7715888329637891021 o

Após a cerimónia, Salomé Rafael, Presidente da Direção da NERSANT, convidou os presentes a visitar um segundo espaço da antiga Escola Prática de Cavalaria de Santarém (EPC) que, após obras de recuperação e adaptação, acolherá, o mais tardar até setembro, mais 20 empresas na Startup Santarém. A ala principal do edifício, aberta em março de 2016, acolhe, “física e virtualmente”, 41 empresas, encontrando-se absolutamente lotada.

[+] Informação

SUP

 

grafico4

 

Santarém registou o maior número de sociedades criadas no Distrito em 2016

Santarém, Ourém e Benavente campeãs na criação de sociedades em 2016

A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, analisou o ranking de criação de sociedades do distrito de Santarém e verificou que Santarém, Ourém e Benavente foram os concelhos que mais sociedades criaram em 2016.

Santarém criou 177 sociedades, Ourém criou 116 e Benavente 100. Destaque também para Torres Novas, que aparece em 4.º lugar do ranking, com 95 sociedades criadas, e, logo de seguida, para Tomar, com 77 sociedades criadas, ocupando o concelho o 5.º lugar.

Empatados em 6.º lugar estão os concelhos de Salvaterra de Magos e Almeirim, com 59 sociedades criadas, mais uma que a cidade de Abrantes, que se encontra, neste ranking, em 7.º lugar.

Em 8.º lugar está Rio Maior, com a criação de 57 sociedades, em 9.º lugar o Cartaxo, com 55 sociedades, e o Entroncamento em 10.º lugar, com a constituição de 42 sociedades. Seguem-se os concelhos de Coruche (32), Alcanena (28), Alpiarça (17), Golegã (16), Chamusca (15), Mação (14), Vila Nova da Barquinha (12) e Ferreira do Zêzere (10).

Sardoal e Constância são os únicos dois concelhos com um índice de constituição de sociedades abaixo de 10 no ano de 2016, com 2 e 4 sociedades criadas, respetivamente.

CONCELHO                  Nº              %

SANTARÉM                177           16,94%
OURÉM                     116           11,10%
BENAVENTE              100             9,57%

[+] Informação

 

afm35t4u 1

Projecto INCUBAR+LEZIRIA

3º CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO

Neste concurso são admitidas ideias de negócio nas seguintes áreas:

- Indústrias e Tecnologias de Produção
- Aplicações e Tecnologias de Informação e Comunicação
- Transportes, Mobilidade e Logística
- Smart Cities

As candidaturas realizam-se exclusivamente através de submissão de formulário disponibilizado no «Sítio do Empreendedor», onde os interessados poderão consultar o Regulamento do Concurso.

O projecto INCUBAR+LEZIRIA é uma Ação Coletiva, dinamizada pela NERSANT, INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM, DESMOR e AGROCLUSTER, e financiada pelo ALENTEJO2020, que visa promover o empreendedorismo qualificado e criativo e apoiar empreendedores na criação de novas empresas na Região, sobretudo em setores de alta e média-alta tecnologia e uso intensivo de conhecimento.

[+]Informação

O projeto INCUBAR+LEZIRIA é um programa dinamizado pela NERSANT, pelo INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM, pelo AGROCLUSTER e pela DESMOR, que visa promover o empreendedorismo qualificado e criativo e apoiar empreendedores na criação e consolidação de novas empresas na Região .

O programa dirige-se a todos os empreendedores, sobretudo os mais jovens e qualificados, oriundos de qualquer local, que estejam interessados em iniciar uma atividade ou criar uma empresa inovadora e sediá-la num dos concelhos pertencentes à Lezíria do Tejo.

Objetivos do Programa:

- Fomentar o Empreendedorismo Qualificado e Criativo;

- Estimular a geração e aproveitamento de Ideias Inovadoras;

- Capacitar os Empreendedores e os seus Projetos;

- Potenciar a Criação de novas Empresas, sobretudo em setores tecnológicos e uso intensivo de conhecimento.

[+] Informação

Contactos

  •  gai@cm-santarem.pt
  •  +351 243 304 601