News

Home :: News

Espaço Empresa Santarém inaugurado dia 19

terça, 10 abril 2018 09:46

Espaço Empresa Santarém inaugurado dia 19 na Loja do Cidadão

 

A Câmara de Santarém vai criar o “Espaço Empresa Santarém”, uma parceria entre o município, o IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação, I.P., a AMA - Agência para a Modernização Administrativa e o AICEP - Agência para o Investimento e o Comércio Externo de Portugal). A inauguração tem lugar no dia 19 de abril, às 17h00, na Loja do Cidadão de Santarém, e conta com a presença de membros do Executivo de todas as entidades envolvidas.

O “Espaço Empresa Santarém”, que vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 18h00, encerra aos sábados, domingos, feriados nacionais e feriado municipal, e vai permitir desburocratizar e poupar tempo útil às empresas sedeadas no município, para além de potenciar o desenvolvimento económico e social do Concelho.
Este novo serviço vai concentrar, num único balcão, respostas de diversos organismos da administração central e local.

No dia 9 de abril, às 11h00, a Câmara de Santarém assina o protocolo com vista à implementação municipal do “Espaço Empresa Santarém”, na Comunidade Intermunicipal do Oeste, nas Caldas da Rainha, com o IAPMEI, em parceria com a AMA e a AICEP, e outras 20 autarquias, nesta fase de arranque, que conta com a presença da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, e do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

A proposta de protocolo que vai ser agora firmado, entre as quatro entidades, foi aprovado por unanimidade, na última reunião do Executivo Municipal, que teve lugar no dia 26 de março.

O Município continua a alavancar a afirmação de Santarém enquanto local estratégico de excelência para investir, empreender e desenvolver economicamente os negócios.
É neste propósito que o Espaço Empresa Santarém vai integrar, para além dos serviços já prestados pelo Gabinete de Apoio ao Investidor (Via Expresso Investidor e Via Expresso Jovem), outros serviços das entidades parceiras – IAPMEI, AICEP e AMA – com o objetivo de num único ponto de contato, facilitar e apoiar todos aqueles que pretendam investir ou já estejam a investir em Santarém.
A criação dos espaços empresa em espaços municipais - projetos piloto iniciados em 2017, têm como objetivo testar este conceito, de modo a concretizar e a operacionalizar, através duma abordagem multicanal, a criação de uma rede de suporte de pontos focais nas entidades da Administração Pública, com o envolvimento das câmaras municipais.
Para além de Santarém, as câmaras municipais protocoladas nesta fase de arranque são Abrantes, Ansião, Beja, Bragança, Castelo Branco, Famalicão, Fundão, Guarda, Guimarães, Lagos, Oliveira do Bairro, Ourém, Paços de Ferreira, Portalegre, São João da Madeira, Tavira, Tondela, Valongo, Viana do Castelo e Vila Real.
O projeto “Espaço Empresa” tem como objetivo criar uma rede de pontos únicos de atendimento às empresas, distribuído por todo o espaço nacional, com serviços disponibilizados, quer através do canal presencial, numa lógica de proximidade e de atendimento personalizado, quer através dos canais online e telefónico. Esta rede de atendimento multicanal vai permitir o acompanhamento dos empresários, ao longo do ciclo de vida das empresas, com estruturas de apoio ao investimento que, no caso da Câmara de Santarém, já dispõe de atendimento presencial, no âmbito do Gabinete de Apoio ao Investimento.

6/4/2018

GAP - Relações Públicas e Comunicação

 

Governo alarga projeto de “lojas de cidadão para empresas” a 20 localidades

Cascais, Lisboa, 14 mar (Lusa) – O ministro da Economia anunciou hoje que o projeto Espaço Empresa, com “lojas de cidadão mas para empresas”, vai ser alargado a mais 20 localidades nos próximos dois meses, visando permitir tratar de diferentes assuntos num único local.
“Este alargamento do programa será lançado nos próximos dois meses, mas está já em funcionamento como experiência piloto em Abrantes, Ancião e em Leiria. O que vamos é alargar a mais serviços e a mais pontos do país”, num total de 20 novas localidades, disse Manuel Caldeira Cabral, que falava aos jornalistas à margem de uma conferência sobre crescimento económico organizada pelo jornal The Economist, em Cascais, Lisboa.
De acordo com o governante, esta “é uma alteração importante, similar ao que foi feito com as lojas do cidadão, para os cidadãos, mas agora para as empresas”.
Em causa está o projeto Espaço Empresa, desenvolvido em parceria com as câmaras municipais, visando criar “pontos únicos de acesso dos empresários à administração pública”.
“A ideia é que os empresários, quando precisam de fazer um investimento, quando precisam de cumprir alguma regra ou perceber que incentivos e apoios que têm, possam ir a um único ponto e saber ao mesmo tempo quais são as regras e os regulamentos que têm de cumprir e os papéis que têm de preencher”, precisou, vincando que, desta forma, os empresários têm “na administrarão pública uma mão que os ajude a cumprir as regras ambientais, de segurança, de higiene no trabalho, todas”.
Antes de Caldeira Cabral intervir – num discurso em que insistiu na necessidade de apostar na qualificação dos portugueses –, os antigos ministros das Finanças Maria Luís Albuquerque e da Economia Álvaro Santos Pereira vincaram que, apesar de a economia portuguesa estar melhor, devem ser feitas reformas em áreas como a administração pública e a segurança social.
Questionado pelos jornalistas, o atual responsável pela pasta da Economia sublinhou que “este Governo se tem afirmado por fazer reformas”, ao nível da administração pública (por exemplo, através do Simplex+) e na promoção do investimento (com incentivos fiscais para as empresas).
“São reformas importantes e que estão já a ter resultados”, disse.
Por seu lado, as reformas do anterior executivo (PSD/CDS-PP e do qual Maria Luís Albuquerque e Álvaro Santos Pereira fizeram parte), apostou em reformas que “puseram 500 mil jovens a sair do país”, criticou Caldeira Cabral.
“Ainda bem que invertemos isso”, concluiu.

ANE // CSJ
Lusa/Fim

Contactos

  •  gai@cm-santarem.pt
  •  +351 243 304 601