News

Home :: News

REGIÃO DE SANTARÉM QUALIFICA O TURISMO

quinta, 26 outubro 2017 09:48

REGIÃO DE SANTARÉM QUER POTENCIAR E QUALIFICAR TURISMO

« Numa altura em o turismo é um dos setores que mais tem crescido a nível nacional, a região de Santarém está também focada em potenciar e qualificar esta área

Em linha com a visão nacional do turismo “como atividade económica estratégica para o desenvolvimento económico e social do país”, a região de Santarém quer apostar na qualificação e elevação desta atividade. A NERSANT, entidade empresarial da região, tem, para tal, em marcha o programa “Melhor Turismo 2020”, que visa qualificar as empresas deste setor no Ribatejo. O projeto, que permite aceder a formação e consultoria com financiamento de 90%, tem já cerca de 40 entidades participantes, com vista à modernização dos modelos de negócio, melhoria da organização e práticas de gestão. O objetivo é “diversificar a oferta e contribuir para a formação do país como destino turístico de referência”, refere a entidade. A qualificação do capital humano é precisamente um dos temas a debate no encontro “Viver o Tejo”, agendado para dia 15 novembro (Torres Novas), com as empresas da região que atuam nesta área para analisar e refletir sobre o mercado do turismo no Ribatejo e o que pode ser a intervenção futura das Associações Empresariais, do Setor Público e outras entidades ligadas ao setor. Do encontro deverá resultar um “documento com as expectativas do setor para o seu desenvolvimento, bem como a intervenção futura para potenciar o turismo na região do Ribatejo”, diz a Nersant.

A potenciação da procura turística na região e a análise estratégica deste mercado são também temas centrais no encontro, bem como as áreas específicas da restauração/gastronomia, hotelaria, turismo de habitação e turismo rural, além da animação turística. Esta última área é, aliás, já objeto de uma iniciativa promovida pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, através do programa “Alentejo/Ribatejo 365”, que será lançado em novembro. A iniciativa pretende apoiar financeiramente a promoção externa da animação turística das duas regiões e “vai servir para ajudar a fi xar mais e melhores turistas”, disse à Lusa, António Ceia da Silva, presidente daquela entidade.

 STR cidade

O concellho de Santarém registou um aumento das unidades de alojamento turístico desde 2014, passando de 15 para 37

Turismo residencial anima

Além do turismo de curta duração – seja cultural, gastronómico, religioso, de lazer ou negócios -, também o turismo residencial pode ser uma via a potenciar, a julgar pela crescente dinâmica da compra de segunda habitação na região. “É um mercado que mexe cada vez mais”, diz ao Público Imobiliário, Marco Santiago, Diretor Comercial da EasyGest para o distrito de Santarém. “É algo que se nota com a procura de estrangeiros, que tem crescido”, mas também com os portugueses. “Há cada vez mais pessoas que procuram a região para ter uma casa de fim de semana que lhes permita descansar e desacelerar da vida da cidade”, diz o mediador, revelando que “as preferências recaem sobre a compra de casas que as pessoas possam remodelar à sua maneira”. Também Carlos Nunes, Responsável de Vendas – Retalho Sul da Direção de Negócio Imobiliário do Millennium bcp, destaca “a localização privilegiada de proximidade do distrito em relação a Lisboa”, o que é capitalizado quer para primeira habitação quer para investimento em segunda habitação. “Com as atuais acessibilidades rodoviárias conseguimos deslocar-nos de Santarém a Lisboa em cerca de 45 minutos. Também as praias da Costa de Prata estão próximas, o que oferece ao Distrito um rótulo de destino de Verão, para além de todos os atrativos que já tem nas áreas de enoturismo ou de turismo rural, por exemplo”, termina Carlos Nunes. »
Ana Tavares www.imobiliario.publico.pt

Contactos

  •  gai@cm-santarem.pt
  •  +351 243 304 601

Espaço Empresa